A maquiagem tem um gênero? Olhares sobre a maquiagem masculina

Catherine Lanoë, Thiago Mattos

Resumo


Como atestam hoje muitos artigos e peças publicitárias, o uso de cosméticos e de maquiagem não é mais exclusividade feminina: os produtos destinados aos homens ganharam as prateleiras das perfumarias. Ao mesmo tempo, como podemos perceber nas fotografias de moda e nas ruas das grandes cidades, esses produtos eventualmente ajudam a forjar aparências que tornam mais imprecisas as delimitações entre as identidades sexuais. Alguns observadores, influenciados pelas reflexões sobre gênero, concluem que se trata de uma outra relação com o corpo, com o sexo biológico, baseada sobre uma maior liberdade de expressão do indivíduo — a não ser que a expressão da individualidade tenha se tornado, ao contrário, uma nova obrigação social... De todo modo, é inegável que ocorreram mudanças nas representações das identidades sexuais em relação aos últimos dois séculos e em relação às práticas de maquiagem, quase exclusivamente femininas até recentemente. [...]


Texto completo:

PDF

Referências


BARBE, Simon. Le Parfumeur royal ou l’art de parfumer avec les fleurs et composer toutes sortes de parfums, tant pour l’odeur que pour le gout. Paris: edições Simon Augustin Brunet, 1699; reimpressão em Paris: Aux Amateurs de Livres, Klincksiek, 1992.

CARACCIOLLI, Louis Antoine de. Le Livre des quatre couleurs. Paris: Duchêne, 1760.

CHATOUNIÈRES, Félix Grenaille de. L’Honnête Fille. 3 v. Paris: J. Pasié, 1639-1640.

COYER, Gabriel François. L’Année merveilleuse ou les Hommes-femmes. Paris, 1748.

D’AUBIGNÉ, Théodore Agrippa. Les Tragiques. Paris: Garnier, 1931 [1616].

FARD. In: ENCYCLOPEDIANA, ou dictionnaire encyclopédique des Ana, suplemento da Encyclopédie méthodique. Paris: Panckoucke, 1791.

JONES, Jenniger. Sexing La Mode: Gender, Fashion and Commercial Culture in Old Regime France. Oxford: Berg Publishers, 2004.

LANOË, Catherine. La Poudre et le Fard. Une histoire des cosmétiques de la Renaissance aux Lumières. Seyssel: Champ Vallon, 2008.

LE BRETON, David. Des Visages. Paris: Métaillé, 1992.

MANUSCRITOS franceses. Paris, BnF, novas aquisições 7909.

RAUSER, Amelia. Hair, Authenticity, and the Self Made Macaronis. Eighteenth-Century Studies, v. 38, n. 1, p. 101-117, 2004.

SAINT-SIMON. Mémoires. Paris: Gallimard, 1990.

VILLEMERT, Pierre-Joseph Boudier de. L’Ami des femmes. Paris: Quai des Augustins, 1759




DOI: https://doi.org/10.26563/dobras.v11i25.863

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 dObra[s] – revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.