Camarim fantasma: o traje de cena ressignificado em La loge des Fratellini

Resumo

Este artigo analisa a obra de arte La loge des Fratellini, do artista francês contemporâneo Michel Aubry, tendo em vista especialmente sua exposição na 30ª Bienal de Arte de São Paulo (2012). A obra era uma instalação que mimetizava um camarim de circo. Em vez de trajes para espetáculos, porém, estavam expostos trajes e objetos militares. Ao adentrar mais fundo na obra, descobre-se que aqueles trajes eram fruto de obras de arte anteriores de Aubry. O artista produziu uma série de vídeos realizando refilmagens de filmes de guerra da primeira metade do século XX. São os trajes de cena utilizados nesses filmes que estão expostos no camarim. Além disso, o artista promoveu uma performance a partir dos objetos da instalação: um desfile de moda em que as modelos usavam os trajes expostos. É sobre o diálogo entre a guerra, a moda, o traje de cena, a performance e o cinema que esse artigo se debruça.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AUBRY, Michel. Michel Aubry. [2000?]. Disponível em: http://www.michelaubry.fr. Acesso em: 21 mar. 2019.

BIENAL DE SÃO PAULO. Michel Aubry: Fashion Show. São Paulo: Bienal de São Paulo, 2012. 1 vídeo (3min). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ChN9-oE2t7c. Acesso em: 17 mar. 2019.

CUNNINGHAM, Rebecca. The Magic Garment: Principles of Costume Design. Nova Iorque: Longman Inc., 1989.

DENNEN, Johan M. G. van der. Ritualized ‘Primitive’ Warfare and Rituals in War : Phenocopy, homology, or...?. Default journal, 2005. Disponível em: https://www.rug.nl/research/portal/files/14454226/RITUAL.pdf. Acesso em: 21 mar. 2019.

DUGGAN, Ginger Gregg. The Greatest Show on Earth: A Look at Contemporary Fashion Shows and Their Relationship to Performance Art. Fashion Theory, v. 5, n. 3, p. 243-270, 2001. Disponível em: http://dx.doi.org/10.2752/136270401778960883. Acesso em: 21 mar. 2019.

FÉRAL, Josette. Além dos limites: teoria e prática do teatro. Tradução J. Guinsburg. São Paulo: Perspectiva, 2015.

HIDALGO, Luciana. Arthur Bispo do Rosário – o senhor do labirinto. Rio de Janeiro: Rocco, 2012.

LEBOVICI, Elisabeth. Quand la guerre fait tapisserie. Libération, 4 nov. 2000. Critique. Disponível em: https://next.liberation.fr/culture/2000/11/04/quand-la-guerre-faittapisserie_342997. Acesso em: 17 mar. 2019.

LENDON, Nigel; BONYHADY, Tim. About rugsofwar. Rugs of War, 2004. Disponível em: https://rugsofwar.wordpress.com/about-rugsofwar/. Acesso em: 10 mar. 2019.

PAVIS, Patrice. Dicionário de teatro. Tradução Maria Lúcia Pereira, J. Guinsburg, Rachel Araújo de Baptista Fuser, Eudinyr Fraga e Nanci Fernandes. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2008.

PAVIS, Patrice. Dicionário da performance e do teatro contemporâneo. Tradução J. Guinsburg, Marcio Honorio de Godoy, Adriano C. A. e Sousa. 1. ed. São Paulo: Perspectiva, 2017.

SCHECHNER, Richard. What is performance? In: Performance studies: an introduction. 2. ed. New York & London: Routledge, 2006. p. 28-51.

VIANA, Fausto; GIROTTI, Marcelo. Figurino dos amadores: dos filodramáticos ao teatro lírico de equipe. In: COLÓQUIO DE MODA, 6., 2010, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: Abepem, 2010. Disponível em: http://www.coloquiomoda.com.br/anais/Coloquio%20de%20Moda%20-%202010/71298_Figurino_dos_Amadores_-_Dos_Filodramaticos_ao_Teatro_L.pdf. Acesso em: 21 mar. 2019.

VIRILIO, Paul. Guerra e cinema. Tradução Paulo Roberto Pires. São Paulo: Editora Página Aberta, 1993.

Publicado
2019-08-27
Como Citar
Gil, M. C. (2019). Camarim fantasma: o traje de cena ressignificado em La loge des Fratellini. dObra[s] – Revista Da Associação Brasileira De Estudos De Pesquisas Em Moda, 12(26), 67-83. https://doi.org/10.26563/dobras.v12i26.914
Seção
Dossiê