O que os olhos não veem o corpo não veste: a moda impressa no Rio de Janeiro (1852-1855)

Palavras-chave: Moda impressa, Mulheres, O Jornal das Senhoras

Resumo

Na metade do século XIX o público feminino podia contemplar ilustrações de modas vindas da França, publicadas em periódicos estrangeiros, como o Le Moniteur de la Mode (1843-1913), e anexadas em publicações brasileiras, como O Jornal das Senhoras (1852-1855). Essas peças vinham acompanhadas de uma descrição, indicando os espa-ços e os horários recomendados para o uso daquela indumentária, assim como o tipo de tecido, as partes do vestuário, as cores, os formatos, os penteados e demais adereços que compunham a ilustração. A partir dessa relação entre texto e imagem, propomos anali-sar o papel social que as redatoras-chefes do O Jornal das Senhoras tiveram no processo de transferência e de mediação da cultura da moda parisiense, moldando os gostos e os hábitos de se vestir no Rio de Janeiro Oitocentista por meio dos textos traduzidos e das ilustrações de moda anexadas nesse impresso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Everton Vieira Barbosa, Universidade Federal Fluminense.
Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense. Mestre em História pela Unesp (Assis).

Referências

BARBOSA, Everton Vieira. Páginas de sociabilidade feminina: sensibilidade musical no Rio de Janeiro Oitocentista. São Paulo: Editora Alameda, 2018.

BARTHES, Roland. Sistema da moda. Trad. Lineide do Lago Salvador Mosca. Revisão e supervisão de Isaac Nicolau Salum. São Paulo: Companhia Editora Nacional/ Editora da Universidade de São Paulo, 1979.

BOTREL, Jean-François. Impressos sem fronteiras no século XIX (França/Espanha/América Latina). In: GUIMARÃES, Valéria (org.). Transferências culturais: o exemplo da imprensa na França e no Brasil. Campinas: Mercado de Letras; São Paulo: Edusp, 2012, p. 55-72.

BRITO, Francisco de Paula. Correio das Modas. Rio de Janeiro: Tipografia de Eduardo e Henrique Laemmert, 1839-1840. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=717274&pasta=ano%20183&pesq=. Acesso em: 10 jan. 2019.

BRITO, Francisco de Paula. Marmota na Corte. Rio de Janeiro: Tipografia de Paula Brito, 1849-1852. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=706906&pasta=ano%20 184&pesq=. Acesso em: 10 jan. 2019.

CARELI, Mario. Cultures croisées: histoire des échanges culturels entre la France et le Brésil de la découverte aux temps modernes. Préface de Gilbert Durant. Paris: Nathan, 1993 (Essais & Recherches).

CARNEIRO, José Alcibíades. O mentor das brasileiras. São João del Rey: Typographia do Astro, 1829-1832. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib= 778672&pasta=ano%20182&pesq=. Acesso em: 10 jan. 2019.

CRANE, Diana. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidade das roupas. Trad. Cristiana Coimbra. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2006.

DONEGÁ, Ana Laura. A revista Novo Correio de Modas (1852-1854): moda e literatura francesa com toque tropical. RITA [En ligne], n. 7: juin 2014, mis en ligne le 26 juin 2014. Disponível em: http://www.revue-rita.com/traitsdunion7/a-revista-novo-correio-de-modas-1852-1854-moda-e-literatura-francesa-com-toque-tropical.html. Acesso em: 10 jan. 2019.

GOUBAUD, Camille Adouphe. Le Moniteur de la Mode. Paris: Imprimerie de E. Martinet, 1843-1913.

GUIMARÃES, Valéria. Les journaux français publiés au Brésil et les échanges transnationaux (1854-1924). Médias 19 [En ligne], La presse francophone du Brésil, Publications, Le journalisme francophone des Amériques au XIXe siècle, mis à jour le 7 mars 2018. Disponível em: http://www.medias19.org/index.php?id=23789. Acesso em: 10 jan. 2019.

GUIMARÃES, Valéria. Revistas francesas no Brasil. Caminhos da modernidade: catálogos e mediadores (Rio de Janeiro e São Paulo, séculos XIX e XX). Territórios e fronteiras (online), v. 9, 2016, p. 16-42. Disponível em: http://www.ppghis.com/territorios&fronteiras/index. php/v03n02/article/view/574/pdf_1. Acesso em: 10 jan. 2019.

HAHN, H. Hazel. Scenes of parisian modernity: culture and consumption in the nineteenth century. New York: Palgrave Macmillan, 2009.

HILSDORF, Maria Lucia Spedo. História da educação brasileira: leitura. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

LUCA, Tania Regina de. A Ilustração (1884-1892): circulação de textos e imagens entre Paris, Lisboa e Rio de Janeiro. São Paulo: Editora Unesp, 2018.

LUCA, Tania Regina de. A Ilustração (1884-1892) e a circulação internacional de imagens. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL: A IMPRENSA DA BELLE ÉPOQUE. Rio de Janeiro: Casa Rui Barbosa, 15 ago. 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=4bFayaey3kU. Acesso em: 10 jan. 2019.

MENEZES, Lená Medeiros de. Francesas no Rio de Janeiro: modernização e trabalho segundo o Almanak ‘Laemmert’ (1844-1861). Revista do IHGB, ano 165, n. 423, p. 11-31, abr./jun. 2004.

MILLET, Audrey Patrizia. Histoire de la mode: de l’antiquité à nos jours. Paris: Belin, 2020.

MONTELEONE, Joana. O circuito das roupas: a Corte, o consumo e a moda (Rio de Janeiro, 1840-1889). 2013. 352 páginas. Tese (Doutorado em História Econômica) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-11042014-112626/pt-br.php. Acesso em: 10 jan. 2019.

NORONHA, Joanna Paula Manso de; VELLASCO, Violante Atabalipa Ximenes de Bivar e; NEVES, Gervasia Nunezia Pires dos Santos. O Jornal das Senhoras. Rio de Janeiro: Typographia Parisiense, 1852-1855. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=700096&pasta=ano%20185&pesq=. Acesso em: 10 jan. 2019.

OUVRY-VIAL, Brigitte. L’acte éditorial: vers une théorie du geste. Communication & langages, n. 154, décembre 2007, p. 59-74. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/250375667_L’acte_editorial_vers_une_theorie_du_geste. Acesso em: 10 jan. 2019.

PALMEIRAS, Julio Floro das. O Espelho Diamantino. Rio de Janeiro: Typographia de Pierre Palcher-Seignot, 1827-1828. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader. aspx?bib=700312&pasta=ano%20182&pesq=. Acesso em: 10 jan. 2019.

RAINHO, Maria do Carmo Teixeira. A cidade e a moda. 1. ed. Brasília: Ed. UnB, 2002.

SILVA, Ana Claudia Suriani da. A gênese da revista e da crônica de moda brasileiras (1827-1851). Miscelânea, Assis, v. 24, jul. /dez. 2018, p. 45-64. Disponível em: http://seer.assis. unesp.br/index.php/miscelanea/article/view/1217/ 1127. Acesso em: 15 maio 2020.

SILVA, Ana Claudia Suriani da. Moda, transferências culturais e história do livro. dObra[s], v. 10, n. 22, 2017, p. 177-201. Disponível em: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/view/642. Acesso em: 10 jan. 2019.

SOUSA, Francisco Eleuterio de. O Espelho. Rio de Janeiro: Typographia de Paula Brito, 1859-1860. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=700037&pasta=ano%20 185&pesq=. Acesso em: 10 jan. 2019.

Publicado
2020-08-03
Como Citar
Vieira Barbosa, E. (2020). O que os olhos não veem o corpo não veste: a moda impressa no Rio de Janeiro (1852-1855). dObra[s] – Revista Da Associação Brasileira De Estudos De Pesquisas Em Moda, 14(29), 46-63. https://doi.org/10.26563/dobras.v14i29.1136
Seção
Dossiê