A experiência estética: a revista Vogue e os blogs de moda e fitness

Carla Maria Camargos Mendonca

Resumo


Este artigo pretende colocar em debate a experiência estética como um ponto importante de aderência ao discurso da moda. Entende-se que as imagens que constroem o feminino são tidas, prioritariamente, como tirânicas. No entanto, somente a tirania não seria capaz de explicar a forca que elas possuem no cotidiano feminino. Para demonstrar essa relação paradoxal, apresentamos um breve apanhado dos editoriais de moda da revista Vogue, a partir de 1950, e alguns apontamentos sobre blogs de moda e de fitness como desdobramentos das imagens de moda.


Palavras-chave


moda; experiência estética; Vogue.

Texto completo:

PDF

Referências


BONINI, A. Os gêneros do jornal: o que aponta a literatura da área de comunicação no Brasil? Linguagem em (Dis)curso, Santa Catarina: Unisul, v. 4, n. 1, p. 205-231, 2003.

CIDREIRA, R. P. Os sentidos da moda. São Paulo: Annablume, 2005.

CRANE, D. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidade das roupas. São Paulo: Senac São Paulo, 2006.

FEATHERSTONE, M. Cultura de consumo e pós-modernismo. São Paulo: Studio Nobel, 1995.

GUMBRECHT, H. U. Pequenas crises: experiência estética nos mundos cotidianos. In: GUIMARÃES, C. ; LEAL, B. ; MENDONÇA, C. (Org.). Comunicação e experiência estética. Belo Horizonte: UFMG, 2006.




DOI: https://doi.org/10.26563/dobras.v7i15.71

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 dObra[s] – uma revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda



Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.