Design e contexto: pensando em aberto no âmbito da moda

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26563/dobras.v12i26.923

Palavras-chave:

Design de moda. Metodologias colaborativas. Inovação social.

Resumo

As contribuições deste artigo procedem da intersecção entre duas investigações que compartilham o desafio de incentivar e propor novas abordagens metodológicas para as áreas têxtil e de moda: um projeto de inovação social que favoreceu a aprendizagem colaborativa mediante a experimentação têxtil e uma pesquisa de doutorado, que propôs metodologias para o design de moda no âmbito educacional. As constatações das pesquisas foram cotejadas sob um enfoque exploratório, gerando inferências integradas acerca dos efeitos das metodologias colaborativas em experiências educacionais e ciência cidadã. As ponderações resultantes reforçam o potencial das propostas sistêmicas e abertas como agentes transformadores da práxis do design e da gestão do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON, Benedict. Imagined Communities. London/New York: Ed. Verso, 1983.

AUSUBEL, David P. Aquisição e retenção do conhecimento: uma perspectiva cognitiva. Tradução Lígia Teopisto. Lisboa: Plátano Ed. Técnicas, 2003.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Tradução Plinio Augusto de Souza Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BONSIEPE, Gui. Design, do material ao digital. Tradução Cláudio Dutra. Florianópolis: FIESC/IEL, 1997.

BÜRDEK, Bernhard E. Design: The History, Theory and Practice of Product Design. 3. ed. Basilea: Birkhäuser, 2005.

CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

CHRISTO, Deborah C. Estrutura e funcionamento do campo de produção de objetos do vestuário no Brasil. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2016.

EPPLER, Martin; BURKHARD, Remo. Knowledge visualization: towards a new discipline and its fields of applications. ICAWorking Paper, v. 2, 2004.

HILL, Andrew. People dress so badly nowadays: fashion and late modernity. In: BREWARD, Christopher; EVANS, Caroline (ed.). Fashion and Modernity. Oxford: Berg Publishers, 2005.

LORENZI, Elisabeth. Investigación Textil en Abierto. In: RISPOLI, Ramon; DAL POZZO, Pierino; DE RIBA, Pau (ed.). Handle with Care. Actas Bau Design Forum 2017. Barcelona: Bau Ediciones. 2017. p. 35-46.

MANZINI, Ezio. Cuando todos diseñan: una introducción al diseño para la innovación social. Madrid: Experimenta Theoria, 2015.

MARTINEZ-BARREIRO, Ana. La difusión de la moda en la era de la globalización. Papers: Revista de Sociologia, v. 81, p. 187-204, 2006. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5565/rev/papers.2038. Acesso em: 5 jul. 2019.

MEAD, Margaret. Culture and commitment: the new relationships between the generations in the 1970s. New York: Columbia University Press, 1978.

MORAES, Dijon de. Metaprojeto: o design do design. São Paulo: Blucher, 2010. MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Tradução Eloá Jacobina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

SALLES, Cecília de Almeida. Processos de criação em grupo: diálogos. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017.

SANCHES, Maria Celeste de F. Moda e projeto: estratégias metodológicas em design. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017.

SANCHES, Maria Celeste de F. O projeto do intangível na formação de designers de moda: repensando as estratégias metodológicas para a sintaxe da forma na prática projetual. 268 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo/Doctorado en Diseño, Fabricación y Gestión de Proyectos Industriales) – Universidade de São Paulo/Universitat Politècnica de València, São Paulo/ Valência, 2016. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16134/tde-16022017-094603/pt-br.php. Acesso em: 5 jul. 2019.

SZTULWARK, Pablo. Componerse con el mundo: modos del pensamiento proyectual. Buenos Aires: Diseño Editorial, 2015.

TOBOTA, Marek. Las generaciones no son las nuevas gafas culturales. Antropología 2.0. 9 maio 2018. Disponível em: https://blog.antropologia2-0.com/es/las-generaciones-no-sonlas-nuevas-gafas-culturales/. Acesso em: 5 jul. 2019.

ZURBRIGGEN, Cristina; GONZÁLEZ-LAGO, Mariana. Co-creando valor público. Desafíos pendientes para América Latina. Revista iberoamericana de ciencia tecnología y sociedad, v. 10, n. 30, p. 143-171, set. 2015. Disponível em: http://www.revistacts.net/volumen-10-numero-30/307-articulos/691-co-creando-valor-publico-desafios-pendientes-paraamerica-latina. Acesso em: 5 jul. 2019.

Publicado

2019-08-27

Como Citar

FERNÁNDEZ, E. L.; SANCHES, M. C. Design e contexto: pensando em aberto no âmbito da moda. dObra[s] – revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda, [S. l.], v. 12, n. 26, p. 245–262, 2019. DOI: 10.26563/dobras.v12i26.923. Disponível em: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/view/923. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos