Reflexões sociossemióticas

os sentidos dos modos de morar brasileiro

Autores

  • Maria Claudia Vidal Barcelos

DOI:

https://doi.org/10.26563/dobras.i31.1299

Palavras-chave:

Sociossemiótica, Modos de morar, Sentidos, Práticas de vida, Interações

Resumo

A casa enquanto espaço doméstico é local de fazeres diários que se manifestam por práticas de vidas estabelecidas na e pela interação. A interação vem daquilo que é experimentado pelos sujeitos em um dado contexto social, e por meio dela o sentido é apreendido. O gosto do modo de morar brasileiro revela singularidades que apontam estilos de vida adotados pelo indivíduo que ocupa a casa conferindo a noção de pertencimento. Iluminado pela sociossemiótica de Eric Landowski, o artigo propõe reflexões sobre a relação entre modos de morar e o morador e sinalizam caminhos para a apreensão de outros sentidos pela sensibilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Claudia Vidal Barcelos

Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Bacharel em Administração de Empresas pela mesma instituição. Técnica em Design de Interiores pela Escola Panamericana de Artes. Pesquisadora do Centro de Pesquisas Sociossemióticas.

Referências

BOTTON, Alain de. A arquitetura da felicidade. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2007.

CERTEAU, Michel de; GIARD, Luce; MAYOL, Pierre. A invenção do cotidiano. 2. Morar, cozinhar. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 1994.

COSTA, Paulo de Freitas. Sinfonia de objetos. São Paulo: Iluminuras. 2007.

FORTY, Adrian. Objeto de desejo. Design e sociedade desde 1750. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

LANDOWSKI, Eric. Com Greimas. Interações semióticas. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017. LANDOWSKI, Eric. Presenças do outro: ensaios de sociossemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2012.

LANDOWSKI, Eric. Gosto se discute. In: FIORIN, José Luiz. O gosto da gente, o gosto das coisas. Abordagem semiótica. São Paulo: EDUC, 1997.

LEMOS, Carlos A. C. Cozinhas, etc. São Paulo: Editora Perspectiva, 1976.

LEMOS, Carlos A. C. Da taipa ao concreto. Crônicas e ensaios sobre a memória da arquitetura e do urbanismo. São Paulo: Três estrelas, 2013.

OLIVEIRA, Ana Claudia de (org.) Semiótica plástica. São Paulo: Hacker Editores. 2004.

OLIVEIRA, Ana Claudia de. Apresentação. In: OLIVEIRA, Ana Claudia de. As interações sensíveis. Ensaios de Sociossemiótica a partir da obra de Eric Landowski. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2013.

OLIVEIRA, Ana Claudia de. Interação e sentido nas práticas de vida. Anais da Compós 2014. Disponível em: http://www.compos.org.br/biblioteca/acdeoliveirafinalsemioticadaspraticas_2259. pdf. Acesso em: 2 de jan. 2021.

Downloads

Publicado

2021-04-15

Como Citar

BARCELOS, M. C. V. Reflexões sociossemióticas: os sentidos dos modos de morar brasileiro. dObra[s] – revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda, [S. l.], n. 31, p. 274–286, 2021. DOI: 10.26563/dobras.i31.1299. Disponível em: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/view/1299. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

IV. Modos e Modas. Gostos e estilos compartilhados