Figurino: traje de cena: um negócio na (da) China

Autores

  • Fausto Viana
  • Rosane Muniz

DOI:

https://doi.org/10.26563/dobras.v6i13.134

Resumo

Não é de hoje que o teatro do Ocidente busca inspiração no teatro oriental. Da Índia, vieram as fortes apresentações de Kathakali e outras formas antigas de teatro e dança. Isso sem contar a febre dos filmes de Bollywood, que inspiraram obras como o filme Moulin Rouge (2001). Do Japão, os conhecidos e respeitados teatros Nô, Kabuki, Kyogen e o teatro de bonecos Bunraku, além de outras tendências mais contemporâneas, como o Butô, do qual Kazuo Ohno é o representante máximo. Do cinema japonês, é impossível não citar Akira Kurosawa (1910-1998) e obras dirigidas por ele, como Rashomon (1950), Os Sete Samurais (1954), Sonhos (1990) e Madadayo (1993) (...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-01-24

Como Citar

VIANA, F.; MUNIZ, R. Figurino: traje de cena: um negócio na (da) China. dObra[s] – revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda, [S. l.], v. 6, n. 13, p. 36–38, 2013. DOI: 10.26563/dobras.v6i13.134. Disponível em: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/view/134. Acesso em: 29 jan. 2022.

Edição

Seção

Colunas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>