Atravessamentos entre Moda e Arte em busca da Sustentabilidade

um experimento com Fernanda Yamamoto

Autores

  • Rogério D’Avila Ortiz
  • Christine Greiner

DOI:

https://doi.org/10.26563/dobras.i32.1369

Palavras-chave:

Slow fashion, Sustentabilidade, Corpomídia, Fernanda Yamamoto, Fotografia

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar uma série de ações e encontros que resultou na campanha de inverno da estilista Fernanda Yamamoto, em 2019. Pode-se considerar que se tratou de um movimento de slow fashion, tendo em vista a busca de um caminho para a moda sustentável. Ao experimentar estratégias artísticas para criar fotografias e filmes, a hipótese principal é que a campanha testou uma temporalidade estendida para criação e modos de lidar e reinventar o corpo em relação a alteridades e singularidades. Nesse sentido, em vez de produzir resultados finais tendo em vista, exclusivamente, a comercialização de produtos, a proposta foi investir em modos de sustentabilidade da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério D’Avila Ortiz

Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Atua com fotografia e audiovisual na moda, na dança e nas artes plásticas. Doutorando em Comunicação e Semiótica na PUC-SP. 

Christine Greiner

Christine Greiner é professora livre-docente do Departamento de Artes da PUC-SP. Autora de diversos livros e artigos sobre artes do corpo, cultura japonesa e biopolítica. Compartilha com Helena Katz a elaboração da teoria corpomídia.

Referências

CASTILHO, Kathia. Moda e linguagem. 2. ed. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2004.

FLETCHER, Kate; GROSE, Lynda. Moda e sustentabilidade: design para mudança. Tradução Janaína Marcoantonio. São Paulo: Editora Senac, 2011.

FLETCHER, Kate; THAM, Mathilda. Routledge handbook of sustainability and fashion. New York: Routledge, 2015.

GREINER, Christine. Fabulações do corpo japonês e seus microativismos. São Paulo: N-1 edições, 2017.

LUKE-FUAD, Alastair; HIRSCHER, Anja Lisa; MOEBUS, Katharina (ed.). Agents of alternatives: redesigning our realities paperback. Berlin: Agents of Alternatives, 2015.

LUKE-FUAD, Alastair. Design activism: beautiful strangeness for a sustainable world. Abingdon: Routledge, 2009.

LUKE-FUAD, Alastair. The eco-design handbook: a complete sourcebook for the home and office. London: Thames and Hudson Ltd, 2002.

MESQUITA, Cristiane. Moda contemporânea: quatro ou cinco conexões possíveis. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2004.

MESQUITA, Cristiane; PRECIOSA, Rosane. Moda em ziguezague: interações e expansões. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2011.

OLIVEIRA, Ana Claudia de; CASTILHO, Kathia. Corpo e moda: por uma compreensão do contemporâneo. Barueri: Estação da Letras e Cores, 2008.

PELBART, Peter Pál. A vertigem por um fio: políticas da subjetividade contemporânea. São Paulo: Iluminuras, 2000.

PELBART, Peter Pál. Desvios do tempo. In: MESQUITA, Cristiane; PRECIOSA, Rosane. Moda em ziguezague: interações e expansões. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2011.

ROLNIK, Suely. Esferas da insurreição: notas para uma vida não cafetinada. São Paulo: N-1 Edições, 2018.

Downloads

Publicado

2021-08-03

Como Citar

ORTIZ, R. D.; GREINER, C. Atravessamentos entre Moda e Arte em busca da Sustentabilidade: um experimento com Fernanda Yamamoto. dObra[s] – revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda, [S. l.], n. 32, p. 114–128, 2021. DOI: 10.26563/dobras.i32.1369. Disponível em: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/view/1369. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê