A influência da comunicação das marcas de moda de luxo nas redes sociais no valor percebido pelo consumidor

Laura Pedri Pereira, Thaissa Schneider

Resumo


Este estudo teve como objetivo verificar como as estratégias de comunicação das marcas de moda de luxo nas redes sociais influenciam o valor percebido pelo consumidor. Para isso, foram utilizados conceitos sobre moda e bens de luxo, comunicação de marca nas redes sociais e valor percebido, além da aplicação de questionário com seguidores da joalheria Tiffany & Co. sobre a identificação de atributos na página do Facebook da marca. Constatou-se que a comunicação da grife nas redes sociais influencia positivamente o valor percebido pelo usuário. Acredita-se que os resultados obtidos possam auxiliar no planejamento de ações de comunicação das marcas de luxo, além de trazer novas informações sobre o comportamento do consumidor.

Palavras-chave


comunicação; moda; marcas de luxo; redes sociais; valor percebido.

Texto completo:

PDF

Referências


AVELAR, Suzana. Moda: globalização e novas tecnologias. 2. ed. São Paulo: Estação das Letras e Cores Editora, 2011; Rio de Janeiro: Editora Senac Rio, 2011.

CAMPOS, Elisa; YOSHIDA, Soraia. O mapa do mercado de luxo no Brasil. 2010. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2016.

COBRA, Marcos. Marketing e moda. São Paulo: Editora Senac São Paulo; Cobra Editora & Marketing, 2007.

COLLIS, Jill; HUSSEY, Roger. Pesquisa em administração: um guia prático para alunos de graduação e pós graduação. 2. ed. Porto Alegre: Editora Bookman, 2005.

CUNHA, Gilza Iale Camelo da; CUNHA, Jhose Iale Camelo da; MONTE, Washington Sales do. As mídias sociais e as empresas de moda. In: PMKT – Revista Brasileira de Pesquisas de Marketing, Opinião e Mídia, São Paulo, v. 16, pp. 28-45, abr. 2015.

CRUZ, Melissa. Facebook revela dados do Brasil na CPBR9 e WhatsApp ‘vira ZapZap’. 28 jan. 2016. Disponível em: . Acesso em: 9 nov. 2016. DUBOIS, Bernard; PATERNAULT, Claire. Observations: Understanding the world of international luxury brands: The dream formula. In: Journal of Advertising Research, vol. 35, n. 4, pp. 69-76, jul./ago. 1995.

GABRIEL, Martha. Marketing na era digital: conceitos, plataformas e estratégias. São Paulo: Novatec, 2010.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas da pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Renda domiciliar per capita 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2017.

KAPFERER, Jean Nöel. As marcas, capital da empresa: criar e desenvolver marcas fortes. Porto Alegre: Bookman, 2003.

KIM, Angella J.; KO, Eunju. Do social media marketing activities enhance customer equity? An empirical study of luxury fashion brand. In: Journal of Business Research, vol. 65, pp. 1480-1486, 2012.

LAPOLLI, Mariana et al. Tecnologias da informação e da comunicação como suporte à publicidade na era digital. In: BALDESSAR, Maria José (Org.). Comunicação multimídia: objeto de reflexão no cenário do século 21. Florianópolis: CCE/UFSC, 2009, pp. 20-30.

LEAL, Jorge Tadeu Borges. A recepção é a mensagem ou o consumidor emancipado. In: VIII Seminário dos Alunos de Pós-Gradução em Comunicação Social da PUC-RIO, 2011. Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: VIII POSCOM, 2011.

MAIA, Flávia; COSTA, Camila. Apesar das dificuldades econômicas, mercado de luxo cresce na cidade. 7 jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 17 nov. 2016.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARTINS, Andrezza Mastiguim de Paula. Identidade e imagem das marcas de moda de luxo: um estudo sobre a Louis Vuitton. 2009. 214 p. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) – Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2009.

MARTINS, Camila Assis; IKEDA, Ana Akemi; CRESCITELLI, Edson. Marcas de luxo na web: interação com o consumidor no ambiente virtual. In: REGE – Revista de Gestão, São Paulo, vol. 23, pp. 211-221, 2016. MEYER, Carolina. O luxo descobre o Brasil. 18 fev. 2011. Disponível em: < http://exame.abril.com.br/ revista-exame/luxo-descobre-brasil-408423/>. Acesso em: 9 jun. 2016.

SANTOS FILHO, José de Camilo dos; GAMBOA, Silvio Sánches (Orgs.). Pesquisa educacional: quantidade-qualidade. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

STREHLAU, Suzane. Marketing do luxo. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

TERRA, Carolina Frazon. Blogs corporativos: modismo ou tendência? 2. ed. São Caetano do Sul: Difusão Editora; Rio de Janeiro: Senac Rio, 2012.

TIGER, Lionel. A busca do prazer. Rio de Janeiro: Objetiva, 1993.

TORRES, Cláudio. A bíblia do marketing digital: tudo o que você queria saber sobre marketing e publicidade na internet e não tinha a quem perguntar. São Paulo: Novatec Editora, 2009.

URDAN, André Torres; URDAN, Flávio Torres. Mix de marketing nas empresas brasileiras. São Paulo: Atlas, 2006.

WAGNER, Janet. Aesthetic value: beauty in art and fashion. In: HOLBROOK, Morris B. Consumer value: a framework for analysis and research. Londres: Routledge, 1999, pp. 126-143.

WEINBERG, Tamar. As novas regras da comunidade: marketing na mídia. Rio de Janeiro: Editora Alta Books, 2010.




DOI: https://doi.org/10.26563/dobras.v10i22.637

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Laura Pedri Pereira, Thaissa Schneider

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.