As narrativas do vestir

modas e consumos no Segundo Reinado em análise nos periódicos O Novo Correio das Modas e A Estação

  • Bruna Aucar
  • Olga Bon
  • Tatiana Siciliano
Palavras-chave: Moda, Segundo Reinado, Rio de Janeiro, Periódicos ilustrados de moda, Narrativas midiáticas

Resumo

O artigo tem por objetivo analisar as narrativas de anúncios veiculados nosperiódicos ilustrados de moda do Segundo Reinado presentes na cidade do Rio de Janeiro.Para isso, faremos a investigação de dois títulos em especial: a coluna Modas, seção fixado jornal O Novo Correio das Modas (1852-1854); e as 24 edições de 1889 da revista AEstação (1879-1904), ano marcante como o último do Império brasileiro e que solidificouo veículo como organizador dos modismos cariocas. Portanto, tomamos como base a linguagemcontida nos discursos dos periódicos de moda a fim de compreender o processode transformações identitárias e culturais que o Rio de Janeiro atravessava em meadosdo século XIX. Tais mudanças são frutos de uma ordem moderna, na qual os símbolos dovestir se modificavam cada vez mais, consolidando o sistema de consumo. O repertório deanúncios e discursos existentes nos jornais ilustrados de moda engloba materiais tantohistóricos quanto informativos por excelência, principalmente pela sua importância socialna urbe carioca do período estudado. A base teórica está fundamentada na semiótica, emum diálogo multidisciplinar que reúne proposições trazidas por Roland Barthes (1989),Nicolau Sevcenko (1998; 1998b), Mary Del Priore (2016; 2017) e Lilia Schwarcz (1998).As investigações de Maria do Carmo Rainho (2002) também foram destacadas na articulaçãoentre o campo da moda, a cidade do Rio de Janeiro e os periódicos em circulação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Aucar

Doutora pela PUC-Rio. Professora do Departamento de Comunicação, coordenadora do Laboratório de Antropologia do Consumo e coordenadora do curso de extensão Comunicação, Moda e Consumo da PUC-Rio.

Olga Bon

Doutora pela PUC-Rio. Professora do curso de extensão Comunicação, Moda e Consumo da PUC-Rio.

Tatiana Siciliano

Doutora pelo Museu Nacional da UFRJ. Diretora do Departamento de Comunicação e professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da PUC-Rio

Referências

A ESTAÇÃO: Jornal Ilustrado para a Família (1879-1904). Rio de Janeiro: Tipografia e Litografia Lombaerts & Cia.

AUCAR, Bruna. A publicidade no Brasil: agências, poderes e modos de trabalho (1914-2014). 2016. 333 f. Tese (Doutorado em Comunicação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.

BARTHES, Roland. Elementos de semiologia. São Paulo: Cultrix, 2003.

BARTHES, Roland. Mitologias. São Paulo: Diefel, 1989.

BAUDELAIRE, Charles. O pintor da vida moderna. Belo Horizonte: Autêntica Ed., 2010 [1863].

BENJAMIN, Walter. Baudelaire e a modernidade. Belo Horizonte: Autêntica Ed., 2017.

CAMPBELL, Colin. A ética romântica e o espírito do consumismo moderno. Rio de Janeiro: Rocco, 2001.

CRUZ FERREIRA, Tania Maria Bessone da. A presença francesa no mundo dos impressos no Brasil. In: KNAUSS, Paulo; MALTA, Marize; OLIVEIRA, Claudia de; VELLOSO, Mônica Pimenta. Revistas ilustradas: modos de ler e ver no Segundo Império. Rio de Janeiro: Mauad X: FAPERJ, 2011.

DEL PRIORE, Mary. Histórias da gente brasileira: volume II: Império. São Paulo: LeYa, 2016.

DEL PRIORE, Mary. Histórias da gente brasileira: volume III: República. São Paulo: LeYa, 2017.

DONEGÁ, Ana Laura. A revista Novo Correio de Modas (1852-1854): moda e literatura francesa com toque tropical. RITA [on-line], n. 7, jun. 2014. Disponível em: http://www.revue-rita.com/traitsdunion7/a-revista-novo-correio-de-modas-1852-1854-moda eliteratura-francesa-com-toque-tropical.html. Acesso em: jul. 2020.

DUNLOP, Charles Julius. Subsídios para a história do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Imperial, 2008.

FEIJÃO, Rosane. Moda e modernidade na belle époque carioca. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2011.

FLANDRIN, Jean-Louis. A distinção pelo gosto. In: CHARTIER, Roger (org.). História da vida privada 3: da Renascença ao Século das Luzes. Trad. Hildegard Feist. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

FREYRE, Gilberto. Sobrados e mucambos. São Paulo: Global Editora, 2015 [1936].

FRID, Marina; ROCHA, Everardo. Women under control: advertising and business of female health, 1890-1950. In: MALEFYT, Timothy; McCABE, Maryann (orgs.). Women, consumption and paradox. Nova York: Routledge, 2020.

GORBERG, Marissa. Parc Royal: um maganize na modernidade carioca. 2013. 148 f. Dissertação (Mestrado em História, Política e Bens Culturais) – Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais da Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2013.

HADFIELD, William. Brazil and the River Plate in 1868. Londres: Bates, Hendy and Co., s/d.

LE GOFF, Jacques. História & memória. Campinas: Ed. Unicamp, 2013.

MARINGONI, Gilberto. Angelo Agostini. A Imprensa Ilustrada da Corte à Capital Federal, 1864-1910. São Paulo: Devir Livraria, 2011.

MARTINS, Luciana de Lima. O Rio de Janeiro dos viajantes: o olhar britânico (1800-1850). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

MAUAD, Ana Maria. Imagem e autoimagem do Segundo Reinado. In: ALENCASTRO, Luiz Felipe de. (org.). História da vida privada no Brasil: Império. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

MAURO, Frédéric. O Brasil no tempo de dom Pedro II. 1831-1889. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

MCCRACKEN, Grant. Cultura e consumo: novas abordagens ao caráter simbólico dos bens e das atividades de consumo. Rio de Janeiro: Mauad, 2003.

MCKENDRICK, Neil. The commercialization of fashion. In: McKENDRICK, Neil; BREWER, John; PLUMB, John Harold. The birth of a consumer society. The commercialization of Eighteenth-century England. Londres: Europe Publications Limites, 1982.

MEYER, Marlyze. Folhetim: uma história. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

NEEDELL, Jeffrey D. Belle époque tropical: sociedade e cultura de elite no Rio de Janeiro na virada do século. Trad. Celso Nogueira. São Paulo: Companhia das Letras, 1993. Novo Correio das Modas (1852-1854). Rio de Janeiro: Typographia Universal de Laemmert.

ORTIZ, Renato. Cultura e modernidade. São Paulo: Brasiliense, 1991.

PAZ, Octavio. Os filhos do barro. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

PINHO, Wanderley. Salões e damas do Segundo Reinado. São Paulo: Livraria Martins, 1942.

RAINHO, Maria do Carmo Teixeira. A cidade e a moda: novas pretensões, novas distinções – Rio de Janeiro século XIX. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2002.

ROCHA, Everardo. A sociedade do sonho: comunicação, cultura e consumo. Rio de Janeiro: Mauad, 1995.

ROCHA, Everardo; FRID, Marina; CORBO, William. O paraíso do consumo: Émile Zola, a magia e os grandes magazines. Rio de Janeiro: Mauad X, 2016.

SENNETT, Richard. Construir e habitar: ética para uma cidade aberta. Trad. Clóvis Marques. Rio de Janeiro: Record, 2018.

SEVCENKO, Nicolau. Introdução. In: SEVCENKO, Nicolau (org.). História da vida privada do Brasil República: da belle époque à Era do Rádio. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SEVCENKO, Nicolau. A capital irradiante: técnica, ritmos e ritos do Rio. In: SEVCENKO, Nicolau (org.). História da vida privada do Brasil República: da belle époque à Era do Rádio. São Paulo: Companhia das Letras, 1998b.

SICILIANO, Tatiana. O Rio de Janeiro de Artur Azevedo: cenas de um teatro urbano. Rio de Janeiro: Mauad X: Faperj, 2014.

SICILIANO, Tatiana; BON, Olga (orgs). Croniquetas/ Artur Azevedo. Rio de Janeiro: Contra Capa: Faperj, 2017.

SILVA, Camila Borges da. O símbolo indumentário: distinção e prestígio no Rio de Janeiro (1808-1821). Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura: Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, 2010.

SOUZA, Jessé; ÖELZE, Berthold (orgs.). Simmel e a modernidade. Brasília: UnB. 1998.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. As barbas do imperador: D. Pedro II, um monarca nos trópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

VELLOSO, Mônica. Sensibilidades modernas: as revistas literárias e de humor na Primeira República. In: LUSTOSA, Isabel (org.). Imprensa, história e literatura. Rio de Janeiro: FCRB: 2008.

Publicado
2021-04-14
Como Citar
AUCAR, B.; BON, O.; SICILIANO, T. As narrativas do vestir: modas e consumos no Segundo Reinado em análise nos periódicos O Novo Correio das Modas e A Estação. dObra[s] – revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda, n. 31, p. 142-167, 14 abr. 2021.
Seção
III. Objetos, marcas e valores da moda no social