Inter-relações: no arrasto das sandálias: reinvenções de um modo de vida II

Autores

  • Ana Claudia de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.26563/dobras.v4i8.234

Resumo

Facteur Celeste tornou-se uma das mais destacadas butiques de comercialização de sandálias no mundo em suas duas recentes décadas de vida. Do Japão, uma de suas proprietárias trouxe, em 1994, uma sandália zori2 que passou a ser fabricada nos formatos de cada um dos pés e com a numeração característica dos calçados ocidentais, deixando então no seu translado do
Extremo Oriente à Europa de ser ambidestra e de tamanho único (...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

GREINER, C.; FERNANDES, R. M. (Org.). Tokyogaqui: um Japão imaginado. São Paulo: SESC SP, 2008.

Landowski, E. Les interations riquées. Limoges: Pulim, 2005.

_____. Passions sans nom. Paris: PUF, 2004.

_____. Presenças do outro: ensaios de sociossemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2002.

Oliveira, A. C. de. A plástica sensível da expressão sincrética e enunciação global. In: _____; Teixeira, L. (Org.). Linguagens na comunicação: desenvolvimentos de semiótica sincrética. São

Paulo: Estação das Letras e Cores/CPS, 2009, p. 79-140

_____. Espaços-tempos (pós-) modernos ou na moda, os modos. In: Ginsburg, J.; Barbosa, A. M. (Org.). O pós-modernismo. São Paulo: Perspectiva, 2005, p. 473-531.

Downloads

Publicado

2010-01-24

Como Citar

OLIVEIRA, A. C. de. Inter-relações: no arrasto das sandálias: reinvenções de um modo de vida II. dObra[s] – revista da Associação Brasileira de Estudos de Pesquisas em Moda, [S. l.], v. 4, n. 8, p. 67–69, 2010. DOI: 10.26563/dobras.v4i8.234. Disponível em: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/view/234. Acesso em: 29 jan. 2022.

Edição

Seção

Colunas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>